Natal / RN - quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Principal

                            

    

Neste novo século os conceitos mudaram, e continuam mudando sempre.


As pessoas vivem mais. E procuram vida com mais qualidade.


É comum o atleta da terceira idade.


Cada vez mais pessoas a partir dos 40 anos se exercitam de maneira regular.


Assim, doenças degenerativas articulares, como a artrose, ou situações como a osteoporose transformaram-se numa epidemia.


  


Assim, vivemos uma época onde a ortopedia ajuda muito ao idoso, ao atleta da "meia idade".


  



Esporte deixou de ser somente coisa de jovens, para ser de todos. Desde a criança ao idoso.


Por sinal, uma das maneiras mais corretas de evitarmos a osteoporose, não e' com remédios, mas sim com boa alimentação, exposição saudável aos raios solares, e atividade física regular.